Chico Xavier alertou sobre guerras no hemisfério Norte

09:10 Meu Livro Espírita 0 Comments


Geraldo Lemos Neto, amigo íntimo de Chico Xavier, relata que em uma de suas conversas com o médium, Chico contou tudo que poderia acontecer nos próximos anos, conforme informações da espiritualidade.


Geraldo acredita que Chico relatava fatos do futuro por meio dos seus livros, dando como exemplo o livro psicografado “O espiritismo e as Grande Transições”, que previu a viagem do homem para a lua.

Segundo Chico, a espiritualidade deu um prazo de 50 anos, que acabariam agora em 2019, para que o mundo pudesse sobreviver sem guerras. O grande estopim seria a Terceira Guerra Mundial, onde deveria ocorrer um intervenção divina para que nada disso pudesse acontecer. Maremotos, tsunamis e vulcões seriam a principal forma de intervenção e partir daí todo o hemisfério norte, onde se concentraria a guerra, acabaria. Mas ai você se pergunta, o que aconteceria com o Brasil?

Geraldo fez a mesma pergunta para Chico e ele deu mais previsões. De acordo com ele, com a guerra e as intervenções espirituais no norte do mundo, o Brasil se tornaria um dos principais alvos para imigração de outros países.


O Brasil seria tomado por outros países e apenas a região Sudeste, Goiás e Distrito Federal, permaneceriam como território de nosso país. Os EUA, o México e o Canadá ocupariam a região norte e nordeste enquanto o Sul seria tomado pelos chilenos, uruguaios e argentinos. Já o resto do centro-oeste seria tomado pelos asiáticos e europeus. Por fim, todas as nações viveriam em paz, ofertando cultura e ensinamentos umas para as outras.

Caso não ocorra uma Terceira Guerra, o Brasil também se desenvolveria e seria uma grande referência para outros países. De acordo com Chico, caso o mundo fique em paz, o mundo se tornara melhor em todos os sentidos. Descobriremos a cura de doenças que existem e civilizações mais evoluídas, de outros planetas, receberiam a permissão para fazer contato com o ser humano.

Com informações de UltraCurioso

Comente com o Facebook: