O Livro dos Espíritos faz 160 anos e ganha exposição

08:07 Meu Livro Espírita 0 Comments


Nesta terça-feira (18/4), a doutrina espírita de todo o mundo celebra os 160 anos do lançamento de O livro dos espíritos, obra escrita pelo educador francês Hippolyte Léon Denizard Rivail sob o pseudônimo de Allan Kardec, que se tornou a principal referência do espiritismo, que possui mais de 3 milhões de adeptos no Brasil, segundo dados do censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Temos uma situação muito peculiar, porque o lançamento de O livro dos espíritos caracteriza os 160 anos do espiritismo no mundo. O Brasil é um país que herdou essa tradição e é hoje um dos mais importantes em termos de quantidade de pessoas. A maior literatura espírita, por exemplo, está no Brasil. As grandes obras de ações sociais são realizadas por pessoas e instituições ligadas ao espiritismo. Essa é a justificativa para a celebração dessa data”, explica André Siqueira, diretor da Federação Espírita Brasileira (FEB).


Em comemoração à data, a FEB, que tem sede em Brasília e no Rio de Janeiro, preparou uma programação especial na capital federal, que faz parte da segunda região com mais espíritas no Brasil. De acordo com o IBGE, em 10 anos, a população que se declarava praticante da doutrina no Centro-Oeste passou de 1,9% para 2,3%, atrás apenas da região Sudeste. “Decidimos fazer o evento para chamar a atenção das pessoas sobre a importância do espiritismo na formação cultural do Brasil”, completa Siqueira.

A programação começa com uma exposição sobre os 160 anos de O livro dos espíritos, que faz um resgate histórico por meio dos escritos de Kardec e estará disponível a partir desta terça-feira (18/4), no hall da sede localizada na Asa Norte. “Fizemos painéis com informações da obra de Allan Kardec, explicando como foi a concretização do livro, que é base do espiritismo. Deixamos que ele contasse”, explica Mayara Paz, coordenadora de comunicação da FEB.

Cinema

Além disso, há duas outras mostras já disponíveis no local abertas para visitação. Uma sobre a médium Yvonne do Amaral Pereira, uma das mais significativas na história da religião espírita, intitulada Yvonne Pereira — amor perfeito, que aborda a vida da médium e os 60 anos da obra Memórias de um suicida. E outra sobre o cinema espiritualista, sob o nome de Luz além da tela, em homenagem a obras cinematográficas como Nosso lar, Chico Xavier, Bezerra de Menezes e As mães de Chico Xavier.


Mas o grande destaque da programação desta terça-feira (18/4) é a palestra com Haroldo Dutra Dias, a partir das 19h30, no Cenáculo da Federação Espírita Brasileira, que contará com transmissão ao vivo pelo site oficial da federação. O convidado é juiz de direito do Tribunal de Justiça de Minas Gerais e também um fenômeno na internet, quando se trata de temas relacionados ao espiritismo. Natural de Minas Gerais, ele é atualmente um dos principais nomes ligados ao assunto e tem rodado o Brasil fazendo palestras sobre a temática. “Ele é uma pessoa que tem divulgado bastante a doutrina. Conseguirmos trazê-lo é uma forma de comemorar e reforçar a importância da obra de Allan Kardec”, defende Mayara Paz.

Médiuns

Formado em língua grega clássica e hebraico, Haroldo é responsável pela tradução dos originais gregos de O novo testamento da Bíblia Sagrada, editado pela Federação Espírita Brasileira. Também tem no currículo as obras Parábolas de Jesus, 7 minutos com Emmanuel e Celeiro de redenção. “É muito curioso, porque antigamente os maiores palestrantes da doutrina espírita eram os grandes médiuns (pessoas que servem de elo entre o plano espiritual e o mundo terreno). Haroldo não se encaixa nessa categoria, mas está entre os maiores estudiosos. Ele fez a tradução de O novo testamento, que é algo extremamente difícil e profundo. Além disso, ele tem o dom da fala, algo que é raro”, completa Jack Darsa, coordenador de palestras públicas da Comunhão Espírita de Brasília, que possui sede na Asa Sul e é considerada um dos maiores centros espíritas do mundo.


O grande objetivo da presença do expositor é falar sobre a relação entre o espiritismo e o cristianismo, que são temas de estudos de Haroldo Dutra Dias. “Ele tem essa imersão cultural e histórica no assunto. O caráter consolador do espiritismo está na prática da mensagem evangélica. Ele é um profundo conhecedor da doutrina espírita e das tradições cristãs e poderá falar dessas relações”, adianta o diretor da Federação Espírita Brasileira.

160 anos de O livro dos espíritos


Sede da Federação Espírita Brasileira (603 Norte, Cj. F). Terça-feira (18/4), às 19h30. Palestra com Haroldo Dutra Dias com transmissão pela FEBtv (www.febtv.com.br). Entrada franca. Informações: 2101-6161. De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, exposições 160 anos de O livro dos espíritos, Yvonne Pereira — amor perfeito e Luz além da tela. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Créditos - reprodução

Comente com o Facebook: