Filho de Chico Xavier fala sobre a morte do ator Nelson Xavier

08:02 Meu Livro Espírita 0 Comments


Após a morte do ator Nelson Xavier em Uberlândia, o filho do médium Chico Xavier, Eurípedes Higino, comentou a relação do ator com a família durante algumas gravações de “Chico Xavier – O Filme” feitas na Casa de Memórias e Lembranças, em 2009, em Uberaba. Segundo Eurípedes, Nelson declarava-se ser ateu na época, mas tudo mudou depois que ele conheceu a história do líder espírita.

Eurípedes Higino lembra que ator se dizia ateu e que doou roupas para ele na época das filmagens. 'Recebi a notícia com muita tristeza', ressaltou o filho do médium.

“Ele dizia que a vida do Chico mudou os costumes e a maneira de pensar dele, que a vida de Chico o transformou em um novo homem, sensível, capaz de pensar que sempre existiu uma força maior: Deus. É um certo conforto por saber que antes de morrer ele conseguiu encontrar a espiritualidade”, disse ao site G1.


Eurípedes também contou que brincava com Nelson sobre como seria o encontro entre ele o pai após a morte. “Eu dizia: 'como vai ser a hora que você encontrar com o verdadeiro Chico Xavier ?’. Hoje, eu acredito que Chico vai abraçá-lo e vai agradecer Nelson por ele passar para o mundo aquilo que o Chico sempre passou: paz, harmonia, tranquilidade e esperança de um Brasil melhor”, acrescentou.

Nelson e a equipe visitaram a Casa de Memórias e Lembranças de Chico Xavier, no Bairro Parque das Américas, várias vezes antes das gravações para conhecerem o espaço, os costumes do Chico e ver como seriam os figurinos. Por conta do interesse de Nelson em viver o personagem, Eurípedes fez uma decisão que, depois, o deixou honrado e feliz.

Eles trouxeram figurinista para fazer roupas iguais as do Chico. Mas no segundo dia, quando vi a sensibilidade dele e do ator Ângelo Antônio, eu dei algumas peças do meu pai para eles usarem nas gravações – como camisa, terno, meia e boina e óculos. Vi que antes de profissionais, eu senti que eles sentiram de coração e alma o papel que iriam fazer”, contou.


Comente com o Facebook: