Projeto de Arquitetura e Espiritismo recebe prêmio internacional

07:01 Meu Livro Espírita 0 Comments



A revista norte-americana Faith & Form e o Fórum Inter-religioso sobre Religião, Arte e Arquitetura (IFRAA) premiaram 28 projetos de arquitetura religiosa no ano de 2016, classificados em 10 categorias. Dentre estes, na categoria Trabalho Estudantil, encontra-se a única proposta brasileira premiada, o trabalho final de graduação da aluna Rafaela Paes de Andrade Arcoverde, intitulado Cidade dos Espíritos: uma aproximação entre espiritismo e arquitetura, desenvolvido na Universidade Católica de Pernambuco, sob orientação dos professores Ana Luisa Oliveira Rolim e Robson Canuto da Silva.


Cidade dos Espíritos: uma aproximação entre espiritismo e arquitetura

A proposta é motivada por dois aspectos centrais. Primeiro, a necessidade de adequar as dependências da Federação Espírita Pernambucana (FEP) ao crescente público frequentador, e, segundo, pela possibilidade de uma especulação projetual com base na relação entre o artefato arquitetônico e o divino.


Para responder ao objetivo de transpor a atmosfera divina a um edifício-templo, buscou-se fundamentação na fenomenologia que, quando voltada para a Arquitetura, estuda a relação da experiência humana com o espaço, de forma a definir uma atmosfera, a essência do lugar. A luz parece reforçar essa experiência, pois, segundo Pallasmaa (2011), quando desfocamos a visão, percebemos apenas luz e sombra, o que deixa a mente livre para a reflexão, aguçando os outros sentidos. Procurou-se, então, trabalhar a materialidade inerente à arquitetura com a imaterialidade do Espiritismo.


A proposta foi escolhida por um corpo de jurados composto por David Roccosalva, Vernon Mays, Albert Lindeke, Kristen Richardson-Frick e Julio Bermudez, entre os dias 13 e 14 de julho, que se reuniram em Charlotte, Carolina do Norte, EUA, e classificaram o trabalho sob este argumento:

Este projeto de estudante é altamente provocativo e imaginativo, investigando novas formas de espiritualidade, usando linguagem contemporânea. Possui um toque surrealista em suas qualidades experienciais. Foi desenvolvido em planta e corte, e as imagens convêm os potenciais emocionais do projeto. O prêmio reconhece a importância de se testar um novo território para o espaço sagrado (tradução nossa do parecer original [1])




Retirado do site ArchDaily.
Clique aqui para acessa o conteúdo original.

O que é Água Fluidificada que espíritas tomam?

05:19 Meu Livro Espírita 0 Comments


A água fluidificada é a água normal, acrescida de fluidos curadores. Em termos de Espiritismo, entende-se por água fluidificada aquela em que fluidos medicamentosos são adicionados à água. É a água magnetizada por fluidos.


Quem faz a fluidificação da água?

Em geral, são os Espíritos desencarnados que, durante as sessões de fluidoterapia, fluidificam a água, mas a água pode ser magnetizada tanto pelos fluidos espirituais quanto pelos fluidos dos homens encarnados, assim como ocorre com os passes, sendo necessário, para isso, da parte do indivíduo que irá realizar a fluidificação, a realização de preces e a imposição das mãos, a fim de direcionar os fluidos para o recipiente em que se encontrar a água.

Como é feita a fluidificação da água?

A água é um dos corpos mais simples e receptivos da Terra. É como que a base pura, em que a medicação Espiritual pode ser impressa. O processo é invisível aos olhos mortais, por isso, a confiança e a fé do paciente são partes essenciais para que tratamento alcance o efeito desejado. A água é um ótimo condutor de força eletro-magnética e absorverá os fluidos sobre ela projetados, conserva-los-á e os transmitirá ao organismo doente, quando ingerida. A água fluidificada expande os átomos físicos, ocasionando a entrada de átomos espirituais, ainda desconhecidos, e que servem para ajudar na cura.


A terapêutica com a água fluidificada traz muitos benefícios ao organismo, apesar de não poder parar ou regredir as doenças geradas por resgates, doenças crônicas e degenerativas, porém facilita a ação medicamentosa e tem se mostrado eficiente na cura das doenças psicossomáticas.
Conclusão

A água fluidificada, portanto, é uma água magnetizada, principalmente, pelos Espíritos, contendo, assim, alterações ocasionadas pelos fluidos salutares ali colocados e direcionados para o equilíbrio de alguma enfermidade física ou espiritual.

Para cada paciente o fluido medicamentoso será específico não só para a sua enfermidade física, mas também para as necessidades espirituais de cada um. Deve ser usada como um medicamento. Manda o bom senso que não se utilize remédios sem necessidade, portanto, da mesma maneira, só deve usar a água fluidificada quem de fato estiver necessitando dela. Tudo em excesso faz mal, não é mesmo.

Fonte: Mediunidade Sem Preconceito. Autor: Edvaldo Kulcheski

Livro de janeiro para associados

05:46 Meu Livro Espírita 0 Comments


A nova série da Editora Lachãtre chegou ao nosso clube!

Em O Tridente de Shiva, livro que abre a nova série de A Saga dos Capelinos, descobrimos detalhes inéditos de como a vinda de cerca de 50 milhões de espíritos extraterrestres, exilados de um planeta do sistema de Capela influenciou no surgimento das mais importantes civilizações da Terra. É a história de nossa cultura e de nossos ancestrais. 
As pesquisas históricas demonstram que, num curto período de 50 anos, esse espíritos, numa única região, projetaram invenções como a roda, as embarcações e ciências como a matemática, a astronomia, a navegação e agricultura. 
Nesta Obra, Varuna, agora conhecido pelo nome de Mykael - semelhante a Deus -, e Mitraton, o coordenador - geral da Terra, determinam a migração dos espíritos capelinos para implantar uma nova e brilhante sociedade: a civilização do Meluhha.

> Envio exclusivo para quem associou-se até 31 dezembro de 2016
> A entrega será realizada entre 15 e 23 de janeiro.

FICHA TÉCNICA
Nome: O Tridente de Shiva (Volume I)
Autor: Albert Paul Dahoui
Número de páginas: 248
Gênero: Romance espírita
Editora: Lachãtre (Selo Heresis)