8 filmes espíritas que vão surpreender você

05:24 Meu Livro Espírita 0 Comments

Nos últimos 10 anos a doutrina espírita ganhou força nas telas do cinema brasileiro. Diversas obras psicografadas e médiuns influentes foram retratados em tramas, muitas vezes com um elenco bastante conhecido por novelas da TV brasileira.

O Clube Meu Livro Espírita fez uma lista de 8 produções nacionais imperdíveis sobre o espiritismo. Confira.

1- Nosso Lar (2010)
Direção de Wagner de Assis



Considerado o filme mais representativo da doutrina espírita, "Nosso Lar", em sua exibição em 2010, foi a segunda melhor estreia do cinema nacional desde 1995 em termos de público. Perdendo somente para a outra trama espírita, a 'Chico Xavier', que levou 585.560 pessoas aos cinemas em seu fim de semana de estreia.

No filme, um famoso médico acorda no mundo espiritual e vai viver numa colônia que paira sobre a Terra, onde terá que aprender novos valores morais e vencer a saudade da família na Terra.


2- Chico Xavier (2010)
Direção de Daniel Filho



Chico Xavier é uma adaptação para o cinema que descreve a trajetória do médium Chico Xavier, que viveu 92 anos desenvolvendo importante atividade mediúnica e filantrópica. Vida conturbada, com lutas e amor. Seus mais de 400 livros psicografados, consolaram, pregaram a paz e estimularam caridade. Fênomeno? Fraude? Os Espiritos existem? Para os admiradores mais fervorosos, foi um santo. Para os descrentes, no mínimo, um personagem intrigante.


3 – A data limite de Chico Xavier (2014)
Documentário



Especialistas em ufologia afirmam que após a explosão das bombas de Hiroshima e Nagasaki, houve um aumento considerável no número de avistamentos de OVNIs (Objetos voadores não identificados) em todo o mundo.

Pouco mais de duas décadas depois, o médium brasileiro Chico Xavier confidenciava aos companheiros mais próximos que, por ocasião da chegada do homem à Lua em 20 de julho de 1969, acontecera uma reunião com as potências celestes de nosso sistema solar para verificar o avanço da sociedade terrena. Decidiram pois, conceder à humanidade um prazo de 50 anos para que evoluísse moralmente e convivesse em paz, sem provocar uma terceira guerra mundial.

Se assim convivesse até a Data Limite, a humanidade estaria, a partir de então, pronta para entrar numa nova era de sua existência, e feitos magníficos seriam verificados por toda a parte, inclusive os nossos irmãos de outros planetas estariam autorizados expressamente a se apresentarem pública e oficialmente para os habitantes da Terra.

4 – Bezerra de Menezes: O Diário de um Espírito (2008)
Direção de Glauber filho e Joe Pimentel




O universo sertanejo permeia a trama dessa cine-biografia de Bezerra de Menezes desde sua infância, passando pela adolescência até a vida adulta. Aos dezoito anos, o protagonista inicia no Rio de Janeiro seus estudos de medicina. Na então Capital da República, elegeu-se vereador e deputado em várias legislaturas e defendeu as idéias abolicionistas. Mas o que lhe trouxe o maior reconhecimento de seu povo foi o trabalho anônimo realizado em prol dos desfavorecidos. Por conta disso, ficou conhecido como o “Médico dos Pobres”. Seja como político devotado às causas humanitárias ou como médico conhecido por jamais negar socorro a quem batesse à sua porta, Bezerra de Menezes tornou-se um exemplo de homem e escreveu uma história de vida marcada pelo amor e pela caridade.



5 – O filme dos espíritos (2011)
Direção de André Marouço e Michel Dubret




O filme conta a história de Bruno Alves que, por volta dos 40 anos, perde a mulher e se vê completamente abalado. A perda do emprego se soma à sua profunda tristeza e o suicídio lhe parece a única saída. Nesse momento, ele entra em contato com O Livro dos Espíritos, obra basilar da doutrina espírita. Há também uma dedicatória no exemplar: “esta obra salvou-me a vida. Leia-a com atenção e tenha bom proveito.” A partir daí, o protagonista da história começa uma jornada de transformação interior rumo aos mistérios da vida espiritual.

6 – Causa e Efeito (2014)
Direção de André Marouço




O filme é um drama espírita que conta a história de Paulo, um policial que tinha uma vida tranquila até que um motorista alcoolizado atropela e mata sua esposa e filho. O motorista não é preso e revoltado Paulo torna-se justiceiro. Contratado para dar fim a uma garota de programa chamada Madalena, ele se sensibiliza com a história dela e coloca-se em fuga com a moça. Na fuga, o casal se apaixona e juntos reajustam suas condutas de vida, auxiliados por um trio de religiosos: um padre, um pastor e um espírita. Ao longo da trama os protagonistas alcançam o amor, a paz e a iluminação.

7 – As Cartas Psicografadas por Chico Xavier
Documentário | Direção de Cristiana Grumbach


As cartas psicografadas por Chico Xavier é um filme de conversas e silêncio. Mães e pais que perderam filhos, procuraram Chico, receberam cartas. Sentimentos, lembranças, imagens da falta de alguém. A procura por alento para a dor sem nome. As palavras chegam em papel manuscrito. As cartas são lidas. Sobreviver a isso, viver ainda assim. As cartas são os elos entre mães e filhos, entre Chico e essas mães e seus filhos, entre o público e o filme.

8 - Joelma, 23º ANDAR 
Direção de Clery Cunha




Considerado o primeiro filme espírita brasileiro, “Joelma, 23º Andar” também foi baseado na obra de Chico Xavier e conta a tragédia do edifício, que dá nome ao filme, que pegou fogo e matou 191 pessoas. Lucimar, personagem principal vivida por Beth Goulart, morreu no incêndio. Mas sua mãe não aceita a morte e acaba procurando o famoso médium para saber se a filha está bem.

Comente com o Facebook: