Os espíritas batizam crianças?

17:22 Meu Livro Espírita 0 Comments


- Mamãe, quero ser batizado.
- Por que, meu filho?
- Meus amiguinhos, na escola, dizem que irei para o inferno!


E aí, como sair desta situação?

A doutrina espírita não abriga rituais que são comuns às outras religiões, embora respeite as que assim os fazem.

O costume de batizar não tem sua origem no cristianismo, pois nos relatos de diferentes seitas de povos da Antiguidade encontramos referências aos banhos purificadores, aspersões e imersões que preparavam os crentes para o culto às suas divindades.


O espírito Emmanuel, em psicografia de Chico Xavier, ressalta: "Longe de quaisquer cerimônias de natureza religiosa, que possam significar uma continuação dos fetichismos da Igreja Romana, que se aproveitou do símbolo evangélico para a chamada venda dos sacramentos, o espiritista deve entender o batismo como o apelo do seu coração ao Pai de Misericórdia, para que os seus esforços sejam santificados no instituto familiar, compreendendo, além do mais, que esse ato de amor e de compromisso divino deve ser continuado por toda a vida, na renúncia e no sacrifício, em favor da perfeita cristianização dos filhos, no apostolado do trabalho e da dedicação".

BIBLIOGRAFIA: -
1. Site http://www.ceismael.com.br/tema/tema019.htm
2. Revista Cristã de Espiritismo, nº 56.
3. DENNIS, Léon - Cristianismo e Espiritismo.
4. XAVIER, Francisco Cândido - Emmanuel - O Consolador.
5. XAVIER, Francisco Cândido - Emmanuel - Caminho, Verdade e Vida

Comente com o Facebook: